quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A primeira vez

Conhecíamo-nos há poucas semanas, ainda não tínhamos dormido juntas, apesar de existir entre nós uma grande tensão sexual. Eu vivia em casa dos pais e ela vivia com os filhos, o que se tornava uma limitação em termos de espaço para nós. Era um fim de semana como tantos outros, ela tinha ido a um baptizado e eu, com um sábado já organizado com os amigos. Tinha combinado ir jantar e depois discoteca. Ela liga-me e diz-me que vai ter comigo à discoteca. Fico contente, gostava tanto da companhia dela. Decido ir e deixar o carro em casa, pois poderia apetecer-me beber e sabia que os meus amigos não se importariam. Bebi bastante ao jantar, estava contente e estava a viver o momento. Decidimos ir a um bar antes de ir para a discoteca, bebi mais um copo, sabendo que quando chegasse à discoteca, ia ter tempo para espairecer até ela aparecer. Quando lá chego, para meu espanto, ela já lá estava. Nada de carinhos em público, era uma regra dela a qual eu respeitava à letra. Mas apetecia-me tanto abraçá-la e beijá-la... Mas, não podia. Diz-me que vai estar sozinha essa noite e pergunta-me se quero ir até à sua casa. Se eu queria? Mas isso questionava-se? Óbvio que sim! Pedi desculpa aos meus amigos, e disse-lhes que ia sair mais cedo e que ela me levaria a casa. Ficaram zangados, mas respeitaram a minha decisão. E lá fomos a caminho de sua casa... Se gostei?!...

2 comentários:

Secreta disse...

Aposto que sim... que gostaste.
:)

Labios de Mel disse...

Nada melhor que passar a noite com a mulher que amamos...acredito que foi unica.

Gosto de te ler...Parabéns!!