terça-feira, 29 de março de 2011

Pormenores



A primeira vez que te vi não pensei na importância que virias a assumir na minha vida. Considerei-te uma possível boa amiga, uma pessoa interessante, com um intelecto invejável.
Reconheci na minha frente uma senhora bonita, que mostrava preocupação com a aparência e que ornamentava várias pulseiras e anéis.
Achei piada ao conjunto, excepto à cor de verniz que achei intragável (quem escolhe o azul num verniz para um primeiro encontro?!).
Confesso que quando pensava em ti, era esse azul que eu via. Não me abstraía da cor do verniz, o qual me ofuscou por completo e não me permitiu ver, no primeiro encontro, toda a luz que irradiavas.
Mas insistimos, e marcámos um segundo encontro, mais depressa do que o previsto.

E,
já sem esse azul nas unhas,
consegui ver mais além...

E desde logo desejei a tua mão na minha...

5 comentários:

Candy disse...

há pormenores que marcam. eu sinceramente dou mta impostancia alguns. :). Mas nem sempre são os fisicos :).

beijo doce.

maria carolina disse...

"(quem escolhe o azul num verniz para um primeiro encontro?!)" - alguém tolinho? :) ou, então, uma mulher muito segura do seu encanto ;)...

Labios de Mel disse...

Gostos não se discutem...mas azul...só o do céu:)...

Miúda Má disse...

@Candy, nem sempre o físico é mais importante, mas ajuda num primeiro contacto :D;

@Maria Carolina, talvez se coloque a hipótese de um mau conselho por parte de terceiros? :)

@Labios de Mel, concordo totalmente contigo, o azul do céu num par de olhos... :D, bem já fiquei a sonhar...

Beijinhos

Candy disse...

Se ajuda linda! mas nao iria para um verniz azul... axo que na verdade axaria engraçado, porque ate gosto de cores e pessoas excentricas... mas repararia mais numas maos não tao bem tratadas... mas São gostos :).


beijo doce menina :)