quarta-feira, 30 de março de 2011

Vencer o espaço



Penso na nossa primeira vez,
recordo-me de estarmos sentadas no sofá, da aproximação dos corpos,
da temperatura a subir,
de sugerires o quarto...
de me levares pela mão para o teu mundo...

E...
É lá
onde habito
E...
Onde quero permanecer.

2 comentários:

Labios de Mel disse...

Há sons, perfumes e encantos que jamais se repetem....esperar ...?
A saudade por vezes sabe muito bem e reconforta.

Beijinhos de hortelã/pimenta :)

Secreta disse...

Mundo que passou a pertencer-te...também.