sábado, 29 de outubro de 2011

Pequenos prazeres


Trabalhar no centro de Lisboa, ter o prazer de merendar à hora de almoço no jardim, espreitar a rede wi fi da Carris cada vez que passa um autocarro (e passam realmente muitos)... É um prazer ao qual ainda me estou a habituar. Com tanto verde, até considero abusivo da minha parte acender um cigarro... Resta tornar me verde.

2 comentários:

Anónimo disse...

Para mim, são os maiores.

Mary May

Kinhas disse...

E que prazer! :D

Adoro comer rodeada de verde! Infelizmente é algo que só posso fazer esporadicamente...

Mas do cigarrinho, eu cá não abdico! Tenho é sempre o cuidado para trazer as beatas comigo para não estragar o cenário!